SEF abre 11 mil vagas adicionais para marcações

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) tem apresentado longos atrasos na análise de pedidos de autorização de residência de cidadãos estrangeiros e sem a qual a legislação não permite a sua contratação pelas empresas, o que atenuaria os efeitos da enorme falta de mão-de-obra sentida no setor.

Preocupada com a falta de capacidade de resposta, a Direção da ARICOP tem vindo a apelar à tomada de medidas que permitam solucionar este problema.

De acordo com a comunicação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), datada de 9 de setembro, foram disponibilizadas, cerca de 11 mil vagas adicionais  para agendamento, até ao final do ano, de autorização de residência, renovação de autorização de residência e reagrupamento familiar, visando a otimização do Serviço face ao crescente número de atendimentos registados.

Nessa data existiam mais de 135 mil marcações registadas para atendimento em todos os balcões do SEF até final do próximo mês de dezembro.
 
O SEF está também a reforçar os recursos humanos, encontrando-se atualmente a decorrer um concurso público para 116 assistentes técnicos, vocacionados para o atendimento ao público e que duplicará a capacidade de atendimento.

Tem dúvidas sobre a contratação e legalização de estrangeiros, contacte-nos!