Técnicas documentais em língua portuguesa (UFCD 0656)

Técnicas documentais em língua portuguesa (UFCD 0656) 
(ação do Catálogo Nacional de Qualificações http://www.catalogo.anqep.gov.pt/UFCD/Detalhe/7171)
 Formação financiada
Destinatários: 
Adultos ativos empregados com escolaridade mínima obrigatória de acesso o 9º ano da zona centro do país
Adultos ativos desempregados Não DLD (até 1 ano) com escolaridade mínima obrigatória de acesso o 12.º ano da zona centro do país
 Formação financiada Leiria
Carga Horária: 50 horas
 
Objetivos
  • Aplicar as regras da norma linguística na comunicação escrita. 

Conteúdos programáticos
  • Comunicação escrita e norma linguística
    • Importância da comunicação escrita na organização
    • Detecção e correção de erros na comunicação escrita
    • Dicionários e Prontuário
  • Técnicas de elaboração de documentação
    • Partes constituintes de cada documento
    • Assuntos usualmente tratados 

 
Datas de realização (sessões de 3 horas cada, exceto as 4 últimas sessões que serão de 3,5 horas):
17, 19, 21, 24, 26, 28 e 31 de maio, 2, 7, 9, 14, 16, 18, 21, 23 e 25 de junho de 2021

Início das sessões às 19h30 e término às 22h30 (4 últimas sessões: 19h30-23h00)
 
Forma de organização: formação à distância

Benefícios:
  • formação financiada
  • certificado de qualificações
  • subsídio de alimentação

Documentação a apresentar, aquando da seleção:
  • Cópia do certificado de habilitações literárias;
  • Declaração de agregado familiar (minuta aqui);
  • Comprovativo de IBAN (o participante deverá constar como titular da conta);
  • Comprovativo da situação profissional (declaração da entidade empregadora com menção do horário de trabalho (minuta aqui); ou declaração emitida pelo IEFP, no caso de desempregado).
Ficha de inscrição em https://www.aricop.pt/249/formacao-financiada

NOTAS:
  • O participante deve dispor de computador com câmara, microfone e internet.
  • O participante não pode ter já frequentado esta UFCD. Verificar em https://www.aricop.pt/242/passaporte-qualifica
  • As entidades empregadoras podem inscrever até 7 funcionários por ação de formação.
  • As datas apresentadas podem sofrer alterações em função do número de inscritos.